Estações de ônibus da Kakogawa começam a operar nesta quarta, 18

Estações de ônibus da Kakogawa começam a operar nesta quarta, 18
Entram em operação nesta quarta, 18, os os corredores exclusivos de ônibus da Avenida Kakogawa e os terminais de integração das praças Emílio Farjado Espejo e Megumu Tanaka. A linha 131 – Jardim Vitória, do transporte coletivo, terá curta alteração de itinerário no sentido centro-bairro (Via Imperial e Via Jd Vitória), passando a circular na Rua Peroíbe (paralela à Avenida Kakogawa) para acessar a Rua Kiri e seguir ao bairro (ilustração em anexo). Pontos de ônibus foram adequados ao novo trajeto e os horários não foram alterados. Demais linhas (007, 131 sentido bairro-centro, 137 e 139) permanecem com itinerário normal.
Nos primeiros dias de mudança na Avenida Kakogawa, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) lembra que condutores devem redobrar a atenção: transitar com o veículo na faixa exclusiva ao transporte coletivo é infração gravíssima com multa de R$ 293,47. Pedestres também devem estar atentos, principalmente na passagem para as plataformas de embarque e desembarque dos terminais de integração, observando semáforos e demais sinalizações. Nesse período, a Semob concentrará boa parte do efetivo na região para orientar pedestres e condutores.
O corredor da Avenida Kakogawa integra o novo sistema de mobilidade urbana do município que liga a zona norte à região central. Em uma extremidade está o terminal de integração da Praça Megumu Tanaka e em outra o Terminal Intermodal em construção no Novo Centro, com previsão de entrega para o segundo semestre de 2019. Nesse percurso estão os terminais de integração da Praça Emílio Farjado Espejo da Kakogawa e o da Praça Ouro Preto do corredor de ônibus da Morangueira.
Para chegar ao Terminal Intermodal, o transporte coletivo transitará pela Avenida Colombo até chegar à Avenida Herval que recebeu ampliação em mais de 4 metros, entre as avenidas Horácio Raccanello Filho e João Paulino Vieira Filho. A Avenida Duque de Caxias será uma das saídas dos coletivos.
Resultado da parceria da Prefeitura de Maringá e Caixa Econômica Federal, por meio do PAC 2 – Pró Transporte, o novo sistema de mobilidade urbana tem um investimento de R$ 77,9 milhões. O município tem a contrapartida de R$ 14,8 milhões.
Para a construção dos três terminais de integração foram investidos R$ 7,5 milhões. As obras dos corredores nas avenidas Kakogawa e Morangueira e intervenções na avenida Herval somam mais de R$ 15 milhões. A construção do Terminal Intermodal tem a previsão de mais de R$ 53 milhões.

Via PMM

fator37

Post Relacionado
Deixe um Comentário